Teatro das Figuras

CICLONE

Quinta-feira | 21h30

25 de agosto de 2022

de Leonor Cabral

 

A partir dos diários meteorológicos do artista norte-americano Henry Darger, CICLONE investiga a ascendência da condição meteorológica sobre a condição humana: o desejo de transformar, de criar ordem no caos, de procurar novas realidades. Parte de uma observação objectiva do tempo atmosférico e do binómio previsão / acontecimento. O ciclo de expectativa / desilusão associado à previsão meteorológica é transposto para uma leitura mais humana, sendo que o corpo é o lugar privilegiado para esta pesquisa: lugar de destruição e reconstrução.

"Aos olhos nus, não passava de uma chuva repentina, mas aqui dentro soava como uma tempestade."   - Clarice Lispector -

 

Ficha Técnica  ________________________________________________________________________________________

Criação, dramaturgia e interpretação: Leonor Cabral

Apoio à criação: João de Brito

Apoio à dramaturgia: Keli Freitas

Espaço cénico e desenho de luz: Tiago Cadete

Figurinos: José António Tenente

Assistência: Inês Ferreira da Silva

Apoio ao movimento: Gaya de Medeiros

Fotografia de cena e registo vídeo: Vitorino Coragem

Operação técnica: Show Ventura

Produção: LAMA Teatro

Co-produção: LAMA Teatro, Município de Faro/Teatro das Figuras

Residência de co-produção: O Espaço do Tempo

Apoio à residência: Largo Residências

Apoio: Ciclone Associação Cultural

Agradecimentos: Janaina Leite, João Tuna

Estrutura financiada por República Portuguesa – Cultura | DGARTES – Direção-Geral das Artes

 

Mais Informação  ________________________________________________________________________________________

Preço:  a anunciar

Duração: 65 minutos

Classificação etária: >12