Teatro das Figuras

VIDAS COM ARTE - DIANA NIEPCE

Sexta-feira | 21h30

25 de setembro de 2020

FESTIVAL DANCE DANCE DANCE 
 
Vidas com Arte é um ciclo de palestras online com transmissão em direto no canal de Youtube do Teatro das Figuras
 
O objetivo destas palestras é dar a conhecer os percursos artísticos e criativos de artistas já com créditos firmados no panorama nacional mas, também de novos artistas emergentes. Através desta viagem às suas histórias e percursos nas artes, transformam-se estas palestras numa aula viva, certamente de grande interesse para a comunidade artística local, nacional e para o público em geral. Esta iniciativa permite uma continuidade no tempo e a possibilidade do Teatro das Figuras ter acesso a alguns artistas que de outra forma, devido à agenda dos mesmos, não seria de todo possível.
 
SOBRE DIANA NIEPCE
Bailarina, coreografa e escritora, formou-se na Escola Superior de Dança e fez Erasmus na Teatterikorkeakoulun (Helsinquia). Complementou os estudos com uma formação do Forum Dança, Curso de produção gestão de artes do espetáculo, curso de professora de Hatha-yoga e com a Pós-graduação de Arte e Comunicação na Universidade Nova de Lisboa. Criadora das peças Lopussa on Vain com a companhia GED, Forgotten Fog com a companhia Armazém 13, Morfme com a Plural Companhia de Dança, Isto não é o meu corpo com a Plural Companhia de Dança, Raw a Nude em colaboração com Mariana Tengner Barros e 12 979 Dias na Biblioteca de Marvila. Enquanto bailarina e performer colaborou com o Bail-Moderne com a Companhia Rosas, Felix Ruckert, Willi Dorner, António Tagliarini, Daria Deflorian, La fura del baus, May Joseph, Sofia Varino, Miira Sippola, Jérome Bel, Ana Borralho e João Galante, Ana Rita Barata e Pedro Sena Nunes, Mariana Tengner Barros, Rui Catalão, Rafael Alvarez, Adam Benjamin, Justyna Wielgus. Actualmente colabora com a companhia polaca Teatr21, Cim companhia de dança e Plural Companhia de Dança, colabora de forma regular com os artistas Bartosz Ostrowsky, Mariana Tengner Barros e Rui Catalão. Publicou um artigo no livro Anne Teresa de Keersmaeker em Lisboa, ed. Egeac / INCM, escreveu o conto infantil Bayadére, ed. CNB e o poema 2014 na revista Flanzine. Júri do prémio acesso-cultura 2018 e Júri oficial do festival internacional de vídeo dança Inshadow 2018.