Teatro das Figuras

MOZART E O “PAPÁ HAYDN”

Sexta-feira | 21h30

18 de janeiro de 2019

CICLO AMADEUS

Duração: 70 minutos, com intervalo
Classificação etária: maiores de 6 anos
Preços: € 10,00; maiores 65 anos: € 7,50; menores 30 anos: € 5,00; 20% desconto lugares mobilidade reduzida

Programa:

Parte I
W. A. MOZART (1756-1791)
“O Rapto do Serralho”, KV 384 – Abertura
Abduction from the Seraglio, KV 384 - Overture
Concerto para Flauta e Harpa em Dó maior, Kv. 299

Parte II
J. HAYDN (1732-1809)
Sinfonia n.º 99 em Mi bemol maior, Hob. I:99
Symphony No. 99 in E flat major, Hob. I:99
I. Adagio – Vivace assai
II. Adagio
III. Menuetto: Allegretto
IV. Finale: Vivace

Ficha artística e técnica
Rui Pinheiro, Maestro Titular
Rui Borges Maia, Flauta (solista)
Salomé Pais Matos, Harpa Harp (solista)

No segundo concerto do ciclo “Amadeus”, a Orquestra Clássica do Sul convida Rui Borges Maia (flauta) e Salomé Pais Matos (harpa) para celebrar “Mozart e o ‘Papá’ Haydn”. O programa desta noite mágica contempla a abertura de “O Rapto do Serralho” e o peculiar “Concerto para Flauta e Harpa em Dó maior, Kv. 299” do génio de Salzburgo, para além da “Sinfonia n.º 99 em Mi bemol maior” do amigo de Wolfgang A. Mozart, Joseph Haydn.

Coprodução: Orquestra Clássica do Sul e TMF, SM