Teatro das Figuras

Ciclo Emergente

Programa de Apoio à Cultura


O que é?


É um programa de residências artísticas realizadas nas casas/ateliês dos artistas no período de crise com uma duração de 2 meses cujo resultado será apresentado em 2021 no Teatro das Figuras, nos espaços expositivos do município de Faro ou seus parceiros no espaço público ou em iniciativas organizadas pelo Município de Faro. 

A quem se dirige?

Este programa dirige-se a artistas/estruturas que atuem no âmbito do Teatro, Dança Contemporânea e Clássica, Artes Performativas ou das Artes Plásticas e Visuais. Será valorizada a ligação do artista ao território, nomeadamente a Faro e ao Algarve.  

O que pretende?

Pretende criar objetos artísticos, nomeadamente espetáculos a solo e trabalhos  que cumpram duas funções: por um lado dar oportunidade de desenvolvimento de um trabalho de criação aos artistas/estruturas criativas do concelho; por outro permitir dar alguma sustentação financeira a estes mesmos artistas/estruturas face ao momento crítico que a nossa região e o nosso país atravessam. Pretende igualmente mostrar ao público o resultado deste trabalho através de um ciclo de espetáculos e de um ciclo expositivo a realizar em 2021, no Teatro das Figuras, nos espaços expositivos do município de Faro ou seus parceiros, no espaço público ou em iniciativas organizadas pelo Município de Faro. 

Qual o tema que dá o mote ao trabalho artístico?

As propostas a apresentar devem ter como objeto principal, pensar e criar sobre a época que agora vivemos. Uma época repleta de incertezas, onde toda uma construção geracional é colocada em causa pela natureza. A natureza a cumprir a sua função, transformadora, adaptativa,  reinventando-se.

E nós, seres humanos onde ficamos no meio deste turbilhão?  Com as nossas certezas, com o nosso domínio sobre o existente, com a nossa planificação, com o nosso futuro?
Iremos ser mais solidários, preocuparmo-nos com o outro, com a saúde, com a Natureza, com o sistema político em que vivemos, com a economia, com a cultura? Com a vida?
O que é que nos pede este tempo enquanto indivíduos e enquanto sociedade, o que é que este tempo pede aos criadores?
São estas as principais reflecções e interrogações que devem ser o mote para as propostas artísticas a apresentar.

Como funciona?

Os artistas que pretendam participar devem candidatar-se através de formulário próprio no site www.teatrodasfiguras.pt. Caso a sua candidatura seja aprovada, a realização do trabalho deve respeitar um conjunto de pré-requisitos:

• O artista/estrutura deverá explicitar que tipo de residência pretende fazer e qual o espetáculo ou trabalho artístico que deseja apresentar no âmbito da residência;
• O artista/estrutura só poderá apresentar no máximo 2 (dois) projetos ao programa “Emergente”;
• Só será apoiado 1 (um) projeto de residência por artista/estrutura;
• O objeto artístico resultante da residência terá que se traduzir numa apresentação pública. No caso dos artistas plásticos e visuais pretende-se obter a realização de um conjunto de peças de arte que possam ser alvo de exposição;
• Cada residência apoiada estreará o resultado da mesma no Teatro das Figuras; num espaço expositivo do município ou dos seus parceiros; em espaço público a acordar ou em iniciativas organizadas pelo Município de Faro no ano de 2021, em data a acordar entre o Município/Teatro/Museu e o artista/estrutura;
• No decorrer da residência o artista/estrutura terá de apresentar dois vídeos até 3 minutos cada, a falar sobre o desenvolvimento do projeto proposto para a residência. Esses vídeos poderão, posteriormente, ser usados pelo Município de Faro e/ou pelo Teatro das Figuras como testemunho do andamento dos projetos;
• Pela residência a entidade organizadora atribuirá a cada projeto selecionado o valor máximo de € 1.000,00 (mil euros);
• No caso das performances a apresentar no Teatro das Figuras, no espaço público ou em iniciativas organizadas pelo Município de Faro - para além do apoio financeiro à residência - a entidade organizadora atribuirá um apoio máximo de € 1.000,00 (mil euros) aquando da apresentação pública das mesmas;
• No caso dos artistas plásticos, para além do apoio financeiro à residência artística, a entidade organizadora atribuirá um apoio máximo de € 500,00 (quinhentos euros) aquando da inauguração da exposição;
• No caso das performances a apresentar no Teatro das Figuras, o mesmo dará  três dias de espaço de residência aquando da estreia do espectáculo;
• O Município de Faro/Teatro das Figuras/Museu Municipal serão co-produtores destes espetáculos/exposições e deverão figurar em toda a comunicação do artista/estrutura com essa designação;
• Caso haja apresentação noutros locais dos espetáculos/exposições resultantes destas residências, o artista/estrutura deverá mencionar a co-produção do Município de Faro/Teatro das Figuras/Museu Municipal.


Onde podem ser produzidos estas residências artísticas?

Estas residências artísticas devem ser realizadas na residência do artista.

Quando devem ser realizados os trabalhos?

As candidaturas estarão abertas até ao dia 20 de abril. As residências deverão decorrer nos meses de maio e junho.

NOTA: Os proponentes devem apresentar declarações válidas de não divida da Autoridade Tributária e da Segurança Social caso sejam selecionados. A não apresentação desta documentação é fator de exclusão.

Documentos para Download