Teatro das Figuras

FESTIVAL F REGRESSA À VILA ADENTRO

DANÇA CONTEMPORÂNEA MARCA O INÍCIO DA TEMPORADA

26 de agosto de 2015

A nova temporada do Teatro das Figuras apresenta no dia 3 de setembro e pela primeira vez em Faro a Orquestra XXI, um projeto que reúne perto de uma centena de jovens músicos portugueses residentes no estrangeiro. Com o clarinetista Horácio Ferreira, Jovem Músico do Ano de 2014, a Orquestra XXI apresenta em estreia nacional a orquestração de L. Berio da primeira sonata para clarinete e piano de J. Brahms, concluindo o programa com uma obra de referência do repertório sinfónico - a 5ª Sinfonia de Tchaikovsky.

Nos dias 4 e 5 de setembro, o Teatro das Figuras sai “fora de portas” e, em coprodução com o Município de Faro e a Sons em Trânsito, apresenta a segunda edição do Festival F. A música portuguesa vai invadir a Vila Adentro com alguns dos maiores nomes da música portuguesa atual, a que se juntam propostas de artistas emergentes, artes plásticas, street food, artesanato, cinema e animação de rua. Pelos seis palcos do Festival F, que neste ano alarga o recinto e passa a incluir o Palco Muralhas, passarão António Zambujo, Deolinda, David Fonseca e Carlão, mas também Linda Martini, Márcia, We Trust e Sara Paço, entre muitos outros.

De volta ao palco do Teatro das Figuras, a pianista Joana Vieira e a soprano Beatriz Miranda propõem uma viagem pelo mundo canção francesa e alemã entre os séculos XIX e início do século XX, a ter lugar no dia 10 de setembro, quinta-feira às 18h30.

Pelo quarto ano o Festival Dance, Dance, Dance, traz ao Teatro das Figuras novos valores da dança contemporânea nacional, com uma programação que conta com um workshop e quatro espetáculos dos criadores emergentes.

Filipa Rodriguez orientará o workshop Vem Dançar os Animais da Ria destinado a crianças entre os 6 e os 12 anos e apresentará o espetáculo Formosa é a Ria, inspirado na fauna e flora da Ria Formosa. O workshop terá lugar na sexta-feira, dia 11 das 10h00 às 13h00 e o espetáculo no dia seguinte, em duas sessões às 11h00 e 16h00.

No dia 17 de setembro, a companhia de dança inclusiva CiM apresenta Contraluz um espetáculo que reúne em palco bailarinos profissionais e intérpretes com paralisia cerebral. Contraluz é o resultado do projeto Contrastes – ciclo de formação em dança inclusiva, promovido pela FAPPC – Federação das Associações Portuguesas de Paralisia Cerebral.

No sábado dia 19, a companhia de dança espanhola La Phármaco apresenta La Voz de Nunca um espetáculo cuja dramaturgia parte de À Espera de Godot de Samuel Beckett. “ La Voz de Nunca tenta encenar a "dança do absurdo" numa obra total em que confluem movimento, palavra e música interpretada ao vivo”.

No dia 24 Carolina e Margarida Cantinho estreiam no Teatro das Figuras a sua mais recente criação – Ponto Zero. Como sugere a sinopse do espetáculo “Ponto Zero. O ponto onde tudo começa. O grande vazio que dá origem a todos os pontos de partida. […] Um processo de mudança. O Zero é o espaço aberto que preenchemos com as questões, os sonhos, as escolhas, o amor, a procura pela felicidade, os desejos e frustrações.”

A programação do Festival Dance, Dance, Dance encerra no sábado dia 26 com The Very Delicious Piece, uma criação de Cristina Planas Leitão e Jasmina Krizaj, para quem a peça é “primeiro que tudo uma busca pela essencialidade, intensidade e insistência. É um encontro entre entretenimento, uma experiência pessoal a dois e como o nosso corpo vibrante atinge uma plateia inerte”. The Very Delicious Piece é uma coprodução de DeVIR-Capa, Platforma Festival – Plesna Izba Maribor e de HELLERAU European Center for the Arts Dresden no âmbito do projeto MODUL DANCE, financiado por Maribor 2012 – Capital Europeia da Cultura

Toda a programação para o mês de setembro, bem como informação relativa a preços, reservas e vendas on-line, está disponível no sítio da internet www.teatrodasfiguras.pt e é regularmente disponibilizada nas redes sociais Facebook, Instagram e YouTube.